• sex. jul 19th, 2024

Acre continua na bandeira amarela, mas risco de 3ª onda não é descartada

ByEdnardo

maio 26, 2021

O governo do Acre realizou na manhã desta quarta-feira, 26, a 22ª coletiva de imprensa por videoconferência para divulgação da Classificação de Nível de Risco da Covid-19 no estado. Conforme o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, todas as três regionais continuam na Bandeira Amarela da pandemia, em nível de atenção. Entretanto, a estagnação por três semanas com cerca de 3 mil casos notificados não descarta o risco de uma preocupante terceira onda de contaminação pelo novo coronavírus.

De acordo com a coordenadora do grupo, Karolina Sabino, o comportamento de queda em alguns dos sete indicadores avaliados nas regionais não pode fazer com que a população se acostume com o cenário crítico de alto número de novos casos diários. “Houve uma queda importante se comparamos com o pico da segunda onda, mas se comprar o pico da primeira, é muito alto ainda. Estamos nos acostumando com o padrão elevado de novos casos”, destaca.javascript:””

Uma possível terceira onda de contaminação do vírus pode apresentar um cenário ainda pior ao estado do Acre, por isso, o Comitê alerta que a população deve continuar seguindo todas as medidas contra a contaminação do coronavírus.

A projeção dos coletou os número registrados nas duas últimas semanas epidemiológicas, do dia 9 a 22 de maio de 2021. De forma geral, não houve grandes mudanças nos indicadores.

Alto Acre

Com relação aos 7 indicadores, a regional obteve nota final 11, com aumento no índice de isolamento social em 3%. A região também redução em 20% no índice de notificação por síndrome gripal, de 50% no índice de óbitos por Covid-19, além de queda na internação em leitos clínicos e UTI.

Baixo Acre

A regional onde se localiza a capital acreana também obteve nota 11 no geral, com aumento de 3% no isolamento social, aumento de 10% nas notificações por síndrome gripal e redução de 8% em novas internações por síndrome respiratória aguda grave. A região teve aumento nos casos de Covid-19 e redução em óbitos e ocupação em leitos clínicos e de UTI em 15%.

Juruá, Tarauacá e Envira

A regional do Juruá, Tarauacá, Envira obteve nota 10 no quadro geral, com aumento de 1% no isolamento, redução por síndrome respiratória aguda grave e de 57% nos óbitos e em ocupação em leitos clínicos e de UTI.

fonte: ac24horas

By Ednardo