seg. ago 8th, 2022

Acre recebeu 13º lote com os imunizantes no aeroporto de Rio Branco na tarde desta sexta-feira (16). São 6.400 doses da CoronaVac e 9 mil da Oxford-AstraZeneca. Do total recebido, 9 mil vão ser destinadas para aplicação da primeira dose, 5.110 mil para a segunda e 1.290 para trabalhadores de saúde e profissionais de saúde e forças de segurança.


Lote com mais de 15 mil doses chegou ao Acre nesta sexta-feira (16)  — Foto: Júnior Aguiar/Secom

Lote com mais de 15 mil doses chegou ao Acre nesta sexta-feira (16) — Foto: Júnior Aguiar/Secom

Um voo comercial chegou ao Aeroporto de Rio Branco, capital do Acre, na tarde desta sexta-feira (16) trazendo o 13º lote de vacinas para imunizar a população contra a Covid-19. A nova remessa trouxe com 15,4 mil doses de vacinas, sendo 6,4 mil doses da CoronaVac e 9 mil da Oxford-AstraZeneca.

Do total recebido, 9 mil vão ser destinadas para aplicação da primeira dose, 5.110 mil para a segunda e 1.290 para trabalhadores de saúde e profissionais de saúde e forças de segurança. Na quarta (14), a 2ª Vara Federal do Acre suspendeu a vacinação dos agentes de Segurança. A decisão do juiz Harley Brasil saiu antes mesmo de ser julgada uma ação civil pública impetrada pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual do Acre junto com as Defensorias Públicas da União e do Estado ajuizaram ação civil pública contra a União e o Estado.

Em nota, o governo informou que vai analisar as razões do despacho e certamente recorrerá. “Tendo em vista não ter se manifestado antes da decisão. A suspensão se dá por um período de 72 horas, prazo em que o Estado justificará inexistirem problemas com o início da vacinação das forças de Segurança e Salvamento”, destaca.

Em Rio Branco, a aplicação da primeira dose da vacina está suspensa desde terça (13) após o estoque zerar. A vacinação para quem já tomou a primeira dose seguiu normalmente, conforme a data descrita na carteira de vacinação. O público que estava sendo imunizado era o de 61 anos ou mais acamados ou não.

décimo segundo lote de vacinas contra a Covid-19 chegou há uma semana, no último dia 9, com 11.250 doses da CoronaVac e Oxford/AstraZeneca.

Doses serão distribuídas para os municípios pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) — Foto: Júnior Aguiar/Secom

Doses serão distribuídas para os municípios pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) — Foto: Júnior Aguiar/Secom

Vacina russa e da Johnson & Johnson

O governador Gladson Cameli assinou, no dia 22 de março, o contrato para a compra de 700 mil doses da vacina ‘Sputnik V’, produzida na Rússia. O contrato é no valor de R$ 40 milhões e a compra é feita por meio do consórcio dos governadores do Nordeste e Fundo Soberano Russo. As doses devem chegar em abril.

O prefeito de Rio Branco, que também é presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac), Tião Bocalom, assinou uma carta de intenção para a compra das doses de vacinas da Johnson & Johnson, para a população rio-branquense e demais municípios do Acre, no dia 27 de março.

O prefeito requisitou 200 mil doses da vacina, sendo que 100 mil serão para o município de Rio Branco e as outras 100 mil serão divididas de acordo com a solicitação que cada prefeito fez para o seu município.

Vacinação no Acre

De acordo com informações do PNI, o Acre recebeu 190.190 vacinas contra a Covid-19, um total de 123.390 na primeira dose e 66.800 da segunda. Conforme o portal de transparência do governo, já foram aplicadas 101.109 até esta sexta, sendo 81.119 da primeira dose e 19.990.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações

Pandemia e colapso no Acre

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou no boletim dessa sexta-feira (16) mais 383 novos casos de infecção por coronavírus e nove mortes. O número de infectados saiu de 74.664 para 75.047 e o total de mortes agora é de 1.395.

Dos 106 leitos de UTI nos hospitais da rede SUS disponibilizados no estado, 101 estão ocupados. A taxa de ocupação total está em 96%. Os leitos de UTI estão concentrados na capital, com 80 vagas, e Cruzeiro do Sul, com 26.

fonte: G1ACRE