ter. jun 28th, 2022

Douglas Sena dos Santos começou a ser julgado nesta sexta-feira (3) na 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco. Edilson da Rocha Monteiro, de 48 anos, foi achado morto após dois dias sem manter contato com a família.


Edilson da Rocha Monteiro, de 48 anos, foi achado em outubro do ano passado — Foto: Arquivo pessoal

Edilson da Rocha Monteiro, de 48 anos, foi achado em outubro do ano passado — Foto: Arquivo pessoalhttps://2efbb5568c398994981929344e1b6d5b.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O acusado de matar Edilson da Rocha Monteiro, de 48 anos, passa por julgamento nesta sexta-feira (3) na 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco.

A vítima foi encontrada em estado de decomposição dentro de casa em outubro do ano passado, no bairro Wanderley Dantas, em Rio Branco. Monteiro estava cerca de dias sem manter contato com a família e, ao ir na casa do irmão, Raquel Cristina o encontrou já sem vida.

O réu Douglas Sena dos Santos responde pelo crime de homicídio, por meio de asfixia. Sem dar detalhes, a defesa dele disse apenas que Santos confessou o crime.

Conforme a Justiça, no júri desta sexta, além do réu, cinco testemunhas devem ser ouvidas, entre elas estão dois irmãos da vítima.

FONTE: G1ACRE