• sex. fev 23rd, 2024

Além de Rio Branco, Progressistas tem “dor de cabeça” também para majoritário em Bujari

ByEdnardo

jun 6, 2023

Falando pouco mais de um ano para as eleições municipais, os partidos começam a definir o rumo de suas candidaturas e alianças para o próximo pleito eleitoral.

Em algumas cidades, a composição é complicada e os dirigentes partidários precisam ter “jogo de cintura” para conseguir arrumar a casa e definir o cabeça de chapa. O Progressistas em Rio Branco é um exemplo. Apesar do atual prefeito, Tião Bocalom, ter sido eleito pelo partido e ser naturalmente candidato à reeleição, não conta com a simpatia dos dirigentes do PP e deve ser “convidado” a procurar outra sigla para tentar continuar sentado na cadeira de gestor municipal.

O nome que surge como possível candidato é do atual secretário de Governo de Gladson, Alysson Bestene, que não esconde o desejo de ser candidato.

Próximo à Rio Branco, em Bujari, a situação é ainda mais complicada para a direção do Progressistas. O partido tem, atualmente, quatro candidatos ao cargo de prefeito e vai precisar de um bom arranjo político.

O atual prefeito, Padeiro, eleito pelo PDT com o apoio do PP, é candidato à reeleição com boa relação com o governador Gladson Cameli, que é quem manda no partido.

Ocorre que Padeiro enfrenta a vontade política de três mulheres que são do Progressistas e que “esticam” o olho para a prefeitura.

Uma delas é a vereadora Eliane Rosita que é considerada uma das parlamentares mais atuantes na Câmara Municipal e tem experiência na gestão pública, além de contar com o apoio da deputada Maria Antônia. Eliane, além da atuação parlamentar, ganhou notoriedade por ter sofrido ameaças do também vereador Gilvan Souza (PC do B) durante sessão na Câmara. O vereador foi denunciado e pode até perder o mandato, já que o caso foi levado ao Conselho de Ética da casa.

Outra vereadora que pleiteia ser candidata é Aparecida Rocha, que faz um forte trabalho social no município é uma das principais adversárias do prefeito Padeiro na Câmara. Aparecida conta com o apoio da deputada federal Socorro Neri.

Mais uma mulher que sonha em disputar a próxima eleição ao cargo majoritário é a coordenadora do Núcleo de Educação Maria Zilmar, que também é Presidente do PP de Bujari. Zilmar já foi Vereadora e candidata a prefeita e nas eleições passadas foi candidata a Vice prefeita da chapa encabeçada por Romualdo. Zilmar conta com o apoio do deputado Nicolau Júnior. Um fato curioso que chama atenção é que Zilmar e Aparecida são irmãs.

Em Bujari, o PP vai precisar resolver a disputa interna antes da disputa pelos votos dos eleitores.

fonte: ac24horas

By Ednardo