sex. ago 5th, 2022

O boletim Infogripe, divulgado semanalmente pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), nesta quarta-feira (20), traz um alerta para o aumento dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) a longo prazo entre crianças no Acre.

Se tratando de Capitais, Rio Branco também está entre as oito com sinal de crescimento na tendência de longo prazo. O estudo tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 18 de abril.

Casos de SRAG podem ser causados por vários vírus respiratórios. O mais comum é o Vírus Sincicial Respiratório (VSR), que pertence ao gênero pneumovírus e é um dos principais agentes de infecção aguda nas vias respiratórias em crianças pequenas.

O vírus pode afetar os brônquios e os pulmões e é responsável pela bronquiolite aguda e pneumonia.

Por Contilnet