• sex. fev 23rd, 2024

Amigos homenageiam inocente que morreu a tiros no bairro Belo Jardim; acusados são presos

ByEdnardo

maio 23, 2023

O juíz Andréa Brito, da Vara de Plantão no Fórum Criminal de Rio Branco, em comum acordo com o Ministério Público, decretou a prisão preventiva de Antônio Euler de Souza Gama Borges, de 20 anos, e Patrick Lima de Oliveira, de 21 anos, que já estão presos no Complexo Penitenciário de Rio Branco, onde aguardarão julgamento.

A decisão foi tomada na tarde dessa segunda-feira, 23, durante audiência de custódia. Os dois são acusados de pertencer a uma organização criminosa e devem responder por homicídio qualificado, porte ilegal de arma, receptação, porte de arma, participação em organização criminosa e tentativa de homicídio.

Eles são acusados de terem matados o adolescente Jorge Luiz de Souza Lino, de 15 anos, e ainda tentado matar a mãe do garoto. Paralelamente, amigos do bairro e de escola visitavam o túmulo da vítima para homenageá-lo e fazer um protesto.

O crime que revoltou toda a comunidade do bairro Belo Jardim aconteceu na manhã do último domingo, quando Jorge Luiz, a mãe, um irmão e um amigo caminhavam pela Rua do Pescador e foram surpreendidos por dois homens que estavam em um HB20 branco e fizeram vários disparos. O irmão e o amigo conseguiram fugir, enquanto que Jorge foi executado com vários tiros nos braços da mãe, que também saiu ferida sem gravidade.

Homenagens

Durante o sepultamento de Jorge Luiz, ocorrido na segunda-feira, a presença de centenas de pessoas mostrou o quanto sua morte causou comoção no bairro Belo Jardim, onde era querido por todos. De comportamento exemplar, aos 15 nos já estava cursando o último ano do segundo grau e tinha sonhos. Paralelamente, fazia um curso profissionalizante e pretendia trabalhar para ajudar a mãe. Não tinha e nunca teve qualquer envolvimento com o submundo do crime, pelo contrário, era um exemplo a ser seguido no bairro.

fonte: ecos da noticia

By Ednardo