• sáb. jul 20th, 2024

Após mais de 2 anos, dupla é condenada a 39 anos de prisão pela morte de jovem no Acre

ByEdnardo

maio 31, 2024

 

Gleison Souza do Nascimento e Moisés Duarte Bezerra foram condenados a um total de 39 anos de prisão, pelo sequestro e assassinato de Genagila Nascimento de Lima, de 26 anos. O crime, ocorrido em setembro de 2021, chocou a cidade de Mâncio Lima, localizada no interior do Acre.

O julgamento, que teve início na última quarta-feira (29) e terminou na quinta-feira (30), foi realizado na Vara Única Criminal da região. Gleison Souza do Nascimento, conhecido como “Pico”, recebeu a pena mais severa: 23 anos de reclusão por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e furto. Moisés Duarte Bezerra, por sua vez, foi condenado a 16 anos de prisão por homicídio qualificado, sendo absolvido das acusações de organização criminosa e ocultação de cadáver.

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), apresentou na denúncia que o crime foi motivado por razões fúteis, sob promessa de recompensa e mediante emboscada, o que dificultou a defesa da vítima. Outros dois indivíduos, Evandson Souza Lima e Evilásio da Costa, foram acusados de ocultação de cadáver.

De acordo com o processo, Gleison Souza do Nascimento foi responsável pelo sequestro, tortura, assassinato e enterro de Genagila de Lima em uma cova rasa no Ramal do Chaparral. Gleison, foi preso em setembro de 2021, no bairro Bandeirantes, onde escondia-se da polícia.

FONTE:ALERTA CIDADE

By Ednardo