• qua. abr 17th, 2024

Após ter pai curado do câncer, médico cumpre propósito e realiza mutirão em comunidade rural

ByEdnardo

jan 9, 2024

A equipe viajou mais de 12 horas de barco subindo Rio Envira, até entrar no Rio Paraná do Ouro

Após ter o pai curado de um câncer, o médico ginecologista obstetra, Elielson Aguiar, em cumprimento a um propósito firmado pela cura de seu genitor, reuniu uma equipe especializada e realizou um mutirão de atendimentos na comunidade do Rio Paraná do Ouro, interior de Feijó, na última semana.

Foram realizados, ao todo, 1500 atendimentos, entre consultas medicas, exames de ultrassonografias, medicamentos, testes rápidos, hemogramas e outros exames.

A ação intinerante realizou 1500 atendimentos/ Foto: Jardy Lopes

A ação especializada teve, também, a atuação de profissionais de diversas áreas, como o doutror Juscelino Santos, cirurgião vascular angiologista, dr. Júnior Rebouças, médico da família, José Ueliton Lima, que é ginecologista, e Cleudilson Machado Gomes, médico da Saúde da família.

A equipe viajou mais de 12 horas de barco subindo o Rio Envira, até entrar no Rio Paraná do Ouro, onde levou atendimento para os moradores. Elielson Aguiar revelou a sensação após cumprir o propósito.

Foram realizados diversos exames, entre eles, ultrassom/ Foto: Jardy Lopes

“A gente encerrou esse propósito com a conclusão dos atendimentos e realização de um grande culto, onde a gente pôde apresentar isso para as pessoas presentes e ficar com aquela sensação, aquele sentimento de dever cumprido do ponto de vista do propósito religioso”, disse.

Com os atendimentos e realização de exames, os profissionais conseguiram identificar algumas doenças complexas nos pacientes.

Uma equipe de médicos especialistas realizou as consultas/ Foto: Jardy Lopes

“O que nós podemos falar é que o sentimento é realmente de satisfação, de alegria, dentro daquela expectativa que nós chegamos aqui. Pudemos identificar algumas doenças complexas, graças aos exames que foram realizados aqui. A consulta, o olhar de todos os médicos que atenderam, e da triagem que foi feita, foi realizada de forma bem profissional”, ressaltou Juscelino Santos.

Entre os pacientes estavam crianças e adultos/ Foto: Jardy Lopes

Alguns pacientes deverão se deslocar a Rio Branco. “Situações em que as pacientes terão que se deslocar para Rio Branco, para a realização de partos cirúrgicos, com bebê em apresentação, entre outras coisas que a gente conseguiu identificar que não são graves, mas que tem uma complexidade maior e a gente vai tentar melhorar isso. A gente tá feliz, nós somos um grupo de cinco médicos, em que quatro deles são feijoenses e a gente não pode deixar de exaltar a grandeza disso, em que todos estão aqui muito felizes”, explicou Elielson.

A equipe ainda distribuiu, também, mais de 70 sacolões e presentes às crianças. “Foi muito satisfatório, então a gente sai daqui com um papel social, um papel como médico e um papel espiritual mais do que realizado e feliz com tudo que aconteceu”, encerrou.

FONTE: CONTILNET

By Ednardo