qui. jun 30th, 2022

Buscas por criança foram encerradas nesta terça-feira (11) após três dias de mergulhos no Rio Purus, no município de Manoel Urbano.


Bombeiros fizeram buscas pela criança até esta terça (11), mas não localizaram o corpo  — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros do Acre

Bombeiros fizeram buscas pela criança até esta terça (11), mas não localizaram o corpo — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros do Acrehttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O Corpo de Bombeiros de Sena Madureira, no interior do Acre, suspendeu nesta terça-feira (11) as buscas pela criança indígena de 2 anos que sumiu no Rio Purus, no Seringal Cumaru, zona rural do município de Manoel Urbano, também no interior.

Na segunda-feira (10), o Corpo de Bombeiros informou que a criança desaparecida tinha cinco anos. Contudo, as informações repassadas à equipe estavam desencontradas e o comando do batalhão afirmou, nesta terça-feira (11), que, na verdade, a vítima tinha dois anos.

A informação sobre o desaparecimento da menina chegou aos bombeiros no final da tarde de sexta-feira (7). A equipe se organizou e foi para o local na manhã de sábado (8) iniciar as buscas.

Os trabalhos foram feitos ainda no domingo (9) e, na segunda (10), os bombeiros fizeram buscas superficiais utilizando embarcações. O comandante do Corpo de Bombeiros na região, tenente Gustavo Marinho, confirmou que a equipe ainda fez buscas de forma superficial nesta terça e encerraram os trabalhos, conforme o protocolo.

Segundo os bombeiros, a criança caiu no rio quando viajava com os familiares para uma aldeia no Alto Purus.

fonte: g1acre