sex. jun 24th, 2022

Nesta terça-feira (24), a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados promove audiência pública para tratar sobre a necessidade de combate ao feminicídio no Acre.

A audiência ocorre a pedido do deputado federal Leo de Brito (PT), justificando os dados do Monitor da Violência, divulgado na semana passada  que mostram que o Acre tem a maior taxa de feminicídios do país.

“Em 2019, o Acre registrou 31 homicídios dolosos contra mulheres e, destes, 11 foram feminicídios, ou seja, casos em que mulheres foram mortas em crimes de ódio motivados pela condição de gênero”, lamentou o deputado.

Participarão do debate a procuradora-geral do Ministério Público do Estado do Acre, Katia Rejane; o ouvidor nacional do Ministério Público, Sérgio Ricardo de Souza; a juíza da Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco/AC, Shirley de Oliveira Hage Menezes; a diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno, entre outros.

A audiência está marcada para ocorrer às 10 horas, com transmissão interativa.

Por Contilnet