seg. maio 23rd, 2022

Pâmela Kelly, de 24 anos, tem mais de 494 mil seguidores no Instagram e Facebook. ‘Maquiagem foi a forma que encontrei de entrar na casa das pessoas e assim fazer amizades’, diz.


Cantor João Bosco mandou mensagem para acreana após ela ouvir música da dupla em live  — Foto: Arquivo pessoal

Cantor João Bosco mandou mensagem para acreana após ela ouvir música da dupla em live — Foto: Arquivo pessoalhttps://af53ca3f63108ed3d04632d3b2dd0db5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Longe da badalação e dos cenários típicos dos blogs comuns de produtoras de conteúdo digital, Pâmela Kelly Queiroz, de 24 anos, tem feito sucesso e reúne 124 mil pessoas em seu perfil no Instagram, além de 370 mil no Facebook.

De família humilde, ela conta que viu na internet uma oportunidade de melhorar a vida dos filhos, Davi e Samuel, de 2 anos e 2 meses, respectivamente.

Com poucos recursos, ela vem apostando na criação de conteúdo desde 2020. Para alavancar a audiência, ela monta cenários improvisados; canos como tripé, iluminação com lâmpadas e no fundo um lençol. Isso tudo para dar dicas de maquiagem, mostrando sua realidade como moradora de um bairro periférico de Rio Branco.

Foi assim que Pâmela aos poucos foi cativando os seguidores que hoje, somados, chegam a 494 mil. Além de um canal no Youtube, que já tem 6,8 mil inscritos. Todos os vídeos são sobre maquiagem e também pontos turísticos do Acre.

“Maquiagem foi a forma que encontrei de entrar na casa das pessoas e assim fazer amizades e, com o tempo, as curiosidades sobre onde eu morava começaram a surgir”, diz.

Atualmente, Pâmela mora no conjunto Rosalinda, em uma área de invasão junto com o marido e os dois filhos. A casa é de madeira medindo 4×5 metros.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O jeito simples e despojado de mostrar seu dia a dia foi ganhando força na internet. Porém, Pâmela diz que não conseguiu deslanchar no estado, diferente de outras blogueiras, ela passou a ser reconhecida fora do Acre.

Ela acredita que o fato de não possuir tantas condições fazia com que as lojas não a aceitassem como sendo o rosto daquele estabelecimento, por exemplo.

“Todas as lojas me ignoravam, mesmo eu tendo 53 mil seguidores no Instagram e tendo 107 mil na página. Algumas lojas mentiam falando que não tinham parcerias com blogueiras, mas na verdade tinham. Por várias vezes perdi concurso aqui para meninas com menos seguidores que eu, menos engajamento, porém todas sempre tinha um padrão; loiras, de iphone na mão, fotos profissionais e de uma classe melhor que a minha”, conta.

Mostrando dia a dia e também tutoriais na internet, jovem faz sucesso  — Foto: Reprodução

Mostrando dia a dia e também tutoriais na internet, jovem faz sucesso — Foto: Reprodução

Foram muitos “nãos” e portas fechadas. Pâmela conta que seu patrocínio sai das próprias seguidoras, que se reuniram para comprar um celular melhor para que ela pudesse gravar os vídeos e também montar o enxoval do filho mais novo.

Para o engajamento subir, a blogueira conta que fazia várias lives ensinando maquiagens e falando detalhes de como é morar no Acre. Pâmela conta que até chegou a ensinar alguns pratos que são especiarias da região.https://af53ca3f63108ed3d04632d3b2dd0db5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“Acho que meu diferencial é que minhas lives nunca foram monótonas, nunca seguiram padrões. Eu era eu mesma, doidinha, gritava, comia, mostrava minha casa, que era o que chamava muito atenção por sinal, porque não é todo lugar que se vê casa feita de madeira”, diz.

Ela também começou a postar pontos turísticos na cidade, desmistificando algumas lendas do estado acreano.

“Fiz lives para mostrar nossa civilização e mostrar que aqui não tinha só mato, que também tinha pontos turísticos, mostrei o Palácio, a Gameleira, a biblioteca e outros pontos.”

Se faltou incentivo dos empresários, sobrou apoio da família. Pâmela diz que a mãe, o marido e alguns familiares sempre a incentivaram. Inclusive, no ano passado, quando ela finalmente conseguiu monetizar a página no Instagram, teve a conta roubada e foi o marido que, com a ajuda da internet, conseguiu recuperar o perfil.

Pâmela também mostra pontos turísticos do Acre  — Foto: Arquivo pessoal

Pâmela também mostra pontos turísticos do Acre — Foto: Arquivo pessoal

Desemprego

Pâmela conta que ficou quatro anos entregando currículo e não conseguia emprego. Ajudou por muito tempo a mãe lavando roupa para fora. Quando finalmente conseguiu uma vaga em uma loja de cosméticos, foi demitida por conta da pandemia.

Foi mostrando seu dia a dia e suas dificuldades, que ela conseguiu ajuda das seguidoras.https://af53ca3f63108ed3d04632d3b2dd0db5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“Eu ganho muita ajuda das minhas seguidoras fora do Brasil. Quando engravidei do meu filho mais novo, não tinha dinheiro para nada e minhas seguidoras se juntaram e me deram dinheiro para comprar o enxoval do meu filho”, relembra.

Uma seguidora de São Paulo, inclusive, se tornou sua melhor amiga. Mesmo sem se conhecer pessoalmente, elas mantêm um laço afetivo de amizade muito forte.

“Ela mandou roupinhas pro meu filho e pra mim que ela conseguiu de doação. Ela quem deu a saída de maternidade do meu filho, ela hoje é dinda do meu filho e minha amiga e a pessoa que mais acreditou em mim”, conta.

Reconhecimento

Depois de anos tentando, Pâmela conseguiu alcançar milhares de pessoas com seus vídeos e o jeito despretensioso como foi ocupando espaço na internet.

Sem ter curso ou condições para se qualificar com a questão das métricas das redes sociais, na internet é onde ela aprende a analisar e produzir seus conteúdos, tudo de maneira autodidata.

Foi então na semana passada que ela ganhou um concurso de uma marca nacional. A blogueira mais mencionada na postagem da marca iria ganhar uma viagem com tudo pago para fazer fotos e participar do marketing da loja.

Em agosto, ela deve ir para Rio de Janeiro cumprir a agenda. Foi também na semana passada que o cantor João Bosco, da dupla João Bosco e Gabriel, gravou uma mensagem para a blogueira depois que ela apareceu ouvindo uma de suas canções em uma live.

Ela também ganhou um curso de especialização em maquiagem em São Paulo e está tentando levantar fundos para viajar.

Com tantas conquistas, Pâmela fez questão de tatuar na pele a palavra gratidão.

“Essa tatuagem fiz em homenagem as minhas seguidoras porque elas sempre acreditaram em mim. Quando eu tinha 400 seguidores eu queria desistir e elas sempre me falaram que eu ia ser uma blogueira conceituada, tanto que hoje esse é o meu bordão. Minha próxima tatuagem será com a frase: ‘fique vivo’ pra mostrar que, por mais que a gente perca as esperanças, por mais que tudo vá contra você, você ainda é forte e precisa se manter viva, bem e feliz, porque depois a tempestade passa e um arco-íris sempre vai abrir um sol”, desabafa.https://af53ca3f63108ed3d04632d3b2dd0db5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Os próximos passos a partir de agora, segundo ela, é continuar lutando para comprar uma casa própria e ter uma renda com o produto que cria nas redes sociais.

“Pretendo ter minha casa própria e dar do bom e do melhor para os meus filhos e meu esposo, que se não fosse por ele, nada, absolutamente nada disso teria acontecido, porque foi ele quem criou meu canal no Youtube, ele que me coloca para fazer lives e participa sempre comigo, me apoiando e sendo meu porto seguro”, finaliza.

Pâmela dá dicas de maquiagem para seguidoras  — Foto: Arquivo pessoal

Pâmela dá dicas de maquiagem para seguidoras — Foto: Arquivo pessoal

fonte: g1acre