qui. jun 30th, 2022

Preocupado com as dificuldades e problemáticas da comunidade surda da capital, o vereador Arnaldo Barros (Podemos) que também é presidente da Comissão de Direitos Humanos do legislativo da capital, em Rio Branco, convidou os representantes dos intérpretes de libras para participarem da tribuna popular na sessão ordinária da Câmara municipal de Rio Branco.

Estiveram presentes o Sr. Fernando, Sra. Thais e Sra. Maria leal, para expôr suas dificuldades quanto intérpretes de libras e as complicações no atendimento preferencial da comunidade surda nos órgãos públicos e privados, pois, na rede de ensino municipal existem muitos deficientes auditivos que não tem a assistência de um intérprete de libras, o que dificulta o desenvolvimento racional e social do indivíduo que possui a deficiência, pois, são crianças, jovens e adultos carentes do apoio do poder público.

A lei 1.954/2012 não vem sendo cumprida pelo poder público e pelas empresas privadas, pois, como o Vereador Arnaldo Barros vem cobrando para que seja cumprida, não estão disponibilizando intérpretes de libras para o atendimento preferencial e especial para a comunidade.

“Queremos aproveitar essa oportunidade para cobrar do poder executivo que se realize concursos públicos para contratar mais intérpretes de libras, pois, como exemplo, na rede municipal de educação, tem deficientes auditivos sem assistência de um intérprete de libras e isso não pode acontecer”, disse um dos representantes intérprete de libras.

fonte: diariofronteira