seg. maio 23rd, 2022

Em continuidade aos mutirões de cirurgias realizados pelo Estado, a Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) realizou neste sábado, 23, mais 15 procedimentos cirúrgicos de cabeça, pescoço e geral na capital.

“Esse é um compromisso do governo do estado do Acre, junto com o nosso presidente João Paulo Silva, em atender a população que aguarda há muito tempo na fila de cirurgia”, apontou a chefe de regulação de cirurgias da Fundação, Glória Maia.

Pacientes dos municípios de Sena Madureira, Manoel Urbano e Cruzeiro do Sul esperaram há muito tempo por este momento, que marca o fim de deslocamentos frequentes até a capital, de dores e de limitações.

“Esperei sete meses e hoje já estou aqui pronta para a cirurgia, deitada na enfermaria. Eu moro na colônia com meu marido e tiramos o sustento do que produzimos. A dor atrapalha muito, para lavar roupa, passar pano, varrer casa. Estou muito feliz por hoje”, disse Raimunda Lima, 52 anos, residente de Sena Madureira, que esperava a cirurgia de colecistectomia.

Maria Zamilde, 40 anos, que iniciou o tratamento antes da pandemia da covid-19, relatou as viagens cansativas de Cruzeiro do Sul, município que mora, até a capital para realização de exames até finalmente se internar nesta sexta, 22, para se submeter à cirurgia de tireoidectomia total.

“Eu sinto muita dor no pescoço, dor no ouvido, é muito cansativo. Às vezes não consigo dormir sem ar, por isso a alegria de finalmente fazer a cirurgia, o sentimento é de muita gratidão por ter chegado o meu dia”, relatou a paciente aliviada.

Por Agência de notícias