ter. ago 9th, 2022

O governo do Acre realizou solenidade no auditório da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE) nesta terça-feira, 21, onde o governador Gladson Cameli (Progressistas) sancionou a Lei que concederá abono pecuniário referente ao exercício de 2021 aos trabalhadores da educação em efetivo exercício na rede pública estadual de ensino.

A Lei estenderá o benefício aos servidores da rede estadual cedidos sob regime de colaboração técnica para outras redes públicas de educação básica. O recurso, da ordem de mais de 160 milhões, faz parte do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A sobra do Fundeb vai contemplar 14.554 servidores.

Em seu pronunciamento, Gladson foi ovacionado pelas dezenas de profissionais de educação e disse que a sanção da lei é uma honra. “Foram vocês que me ensinaram o A, B,C. Quero contar com cada um para lapidar o diamante que é esse estado. Assino uma lei que muitos não queriam que eu assinasse”, declarou.

Cameli lembrou que detém uma grande responsabilidade em administrar o governo, porém, disse que é gratificante. “Tenho em meus ombros uma responsabilidade muito grande, agradeço aos deputados estaduais da Assembleia Legislativa pela aprovação da Lei. O poder é constituído por Deus e pelas pessoas, se não for assim, eu não quero”.

A secretária de educação, Socorro Neri, disse que o recurso deverá cair na conta até o dia 24 de dezembro. “O governador já autorizou que a lei seja publicada na edição extra do Diário Oficial para que, de fato, dia 24 de dezembro, com certeza, estará na conta. Hoje estamos conseguindo fazer essa valoração aos profissionais da educação”, explicou.

Novos Professores e entrega de veículos

Ainda no dispositivo de honra, Gladson efetuou a assinatura de contrato de 196 professores temporários para atuarem na Rede Pública de Educação Básica, o que totaliza 2.086 contratações durante o ano letivo de 2021.

Por último, o chefe do executivo acreano fez a entrega de ônibus escolares, com objetivo de fortalecer a frota de ônibus para o transporte de alunos, com intuito de reduzir os índices de evasão escolar. Ao todo, são 16 veículos Marruá AM200 Escolar Ore Zero, com capacidade para 15 passageiros, sendo 13 crianças + motorista + auxiliar. Um investimento da ordem de R$ 6.340.256,00, com recursos oriundos também do FNDE.

fonte: ac24horas