dom. jun 26th, 2022

Suspeito fazia um discurso no enterro do adolescente David de Paula Souza, 17 anos, quando teria incentivado o crime. Menor foi morto durante assalto em um supermercado de Cruzeiro do Sul na sexta-feira (10).


Suspeito teria incentivado o crime durante enterro do primo morto por PM durante assalto em Cruzeiro do Sul — Foto: Reprodução

Suspeito teria incentivado o crime durante enterro do primo morto por PM durante assalto em Cruzeiro do Sul — Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, prendeu na manhã desta segunda-feira (13) um homem suspeito de apologia ao crime. O rapaz era procurado após aparecer em um vídeo gravado no enterro do adolescente David de Paula Souza, de 17 anos, morto durante assalto a um supermercado da cidade na noite de sexta-feira (10), chamando o menor de ‘herói’ e ‘exemplo’.

O suspeito e o adolescente eram primos. No final da gravação, feita no sábado (11), o rapaz termina o discurso afirmando que os ‘corres’ deles não vão parar. O nome do suspeito não foi divulgado pela polícia.

A prisão do suspeito ocorreu no bairro Formoso nesta segunda. Além de incentivar o crime, o rapaz também é investigado por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa. Na casa dele, a polícia diz ter apreendido alguns trouxinhas de cocaína.

Ao perceber a presença da polícia, o suspeito teria tentado fugir, mas acabou capturado pelos policiais.

“Estávamos trabalhando a identificação dele, que ainda não tínhamos, e foi flagranteado por incentivar o crime, por organização criminosa e por tráfico porque achamos cocaína na casa dele. O vídeo circulou, chegou até a polícia e trabalhamos para identificar e saber onde ele morava. Fizemos as diligências durante o final de semana para concluímos com essa ação exitosa”, explicou o delegado responsável pelo caso, Heverton de Carvalho.

Assalto em supermercado

O adolescente David de Paula Souza, de 17 anos, acabou morto durante assalto a um supermercado, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, na noite de sexta. Um policial militar que estava no local reagiu e atirou no adolescente, que morreu com um tiro no tórax, após receber socorro.

O menor estava acompanhado de um comparsa, que também foi ferido e achado sem vida em um quintal, na manhã de sábado (11), próximo ao supermercado.

Conforme informações do Centro de Comando e Controle (CICC), um sargento da PM que estava dentro do supermercado lanchando, se dirigiu ao caixa para efetuar o pagamento, após lanchar no local, e como algumas pessoas estavam na fila, se posicionou ao lado do caixa, quando os dois envolvidos entraram no local e anunciaram o roubo.

Testemunhas relataram também que os dois estavam armados e apontaram para as pessoas que estavam no supermercado. Logo depois da ação, o policial deu voz de prisão aos suspeitos que saíram correndo, momento em que o policial atirou e atingiu Souza.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) foi acionado, fez os primeiros atendimentos no local e levou o adolescente ao Hospital do Juruá, onde foi atendido, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Ainda conforme informações do CICC, foi encontrado no bolso do adolescente uma quantia em dinheiro que seria fruto do roubo. Além disso, a dupla ainda teria roubado uma motocicleta momentos antes da ação no supermercado.

fonte: g1acre