• sáb. jul 20th, 2024

Influenciador se converte evangélico e ‘mata’ personagem seguida por 1 milhão

ByEdnardo

jun 19, 2024

Marion Novick morreu. E foi morta por seu próprio criador. Pouco mais de 1 mês após parar de postar no TikTok, o influenciador Elizeu de Lima ressurgiu para anunciar o fim de sua personagem trans.

Sem maquiagem e peruca, e com voz natural, ele relatou ter se convertido evangélico. Na verdade, retomou a religião que seguia antes de se afastar da família para viver livremente sua sexualidade.

“Quero voltar a servir a Deus”, disse. “Chega! Chega de me transvestir. Deus falou ‘para’ no meu coração. Acabou, perdi a vontade, não tenho mais prazer em fazer isso. Quero servir a Deus entregando meu corpo, minha alma, meu espírito, louvando, pregando o Evangelho.”

O influenciador, de 54 anos, mudou até o endereço de seus perfis no TikTok e no Instagram, adotando o nome de batismo e o complemento ‘ex Marion’. “É um novo tempo, estou muito feliz, Deus tem trabalhado na minha vida”, afirmou nos Stories.

Ator, dançarino e locutor, Elizeu de Lima criou Marion em 2020, em fase dramática da pandemia de covid-19. Nos primeiros vídeos, impressionou os seguidores com o talento para sambar. Depois, começou a fazer esquetes de humor debochado.

Antes da personagem feminina, ele interpretou por 10 anos o gay Ted Babado. Fez apresentação de dança nos programas de Ratinho e Silvio Santos. “Não sei se você é homem ou mulher, mas é artista”, afirmou o dono do SBT.

O sucesso de Marion Novick impactou a vida financeira de seu intérprete. ‘Tiktoker LGBT+ se aposenta da prostituição graças aos fãs’ foi o título de matéria aqui no blog em maio de 2021.

A monetização das lives permitiu a Elizeu abandonar a rotina de garoto de programa, profissão adotada quando tinha 15 anos. Na época, ele saiu de casa, no interior paulista, porque sua família evangélica não o aceitava. Após anos de afastamento, a fama na internet o reaproximou dos parentes religiosos.

Um trecho do texto: “Na maior parte dos vídeos, ela (Marion Novick) conta episódios vividos com clientes homens e mulheres em programas sexuais a partir de perguntas dos seguidores. Fala também das dores emocionais pelo pouco contato com os parentes e faz números de dança. Com voz grave de quem já foi radialista, quase sempre inicia e termina a gravação com gargalhada debochada”.

Alvo de denúncias de haters, Elizeu de Lima chegou a perder contas de redes sociais com quase 2 milhões de seguidores. Hoje, no TikTok, possui 1,1 milhão e 23 mil no Instagram. Pelo que indicou, ele usará os espaços para falar de Deus e dar seu testemunho. Resta saber se os órfãos da desbocada e provocadora Marion Novick aceitarão o novo conteúdo.

FONTE: AC24HORAS

By Ednardo