qui. jun 30th, 2022

Uma foto causou novas incertezas quanto ao apoio do MDB nas eleições deste ano. Sorridentes, o pré-candidato ao Governo pelo PSB, deputado Jenilson Leite, o presidente do partido, César Messias, o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) e o deputado Jonas Lima (PT) posaram ao lado do “Leão do Juruá”, Vagner Sales, importante liderança do MDB.

A possível aliança deste grupo afeta diretamente pelo menos duas candidaturas: a da deputada federal Jéssica Sales, filha de Vagner, e a de Jenilson Leite, que até o momento não tem candidato ao Senado definido.

Questionada pelo ContilNet, a pré-candidata não descartou a união desses partidos. “Na política tudo é possível. Alianças são bem-vindas desde de que o interesse seja realmente trabalhar pelo Estado. E não trabalhar para grupo político ou grupo partidário”, disse.

Encontro ocorreu nesta quarta/Foto: reprodução

Mas essa ainda não é uma posição do partido. “Toda executiva do MDB, provavelmente na próxima semana, estará reunida para deliberar sobre vários assuntos”, concluiu.

O deputado Edvaldo Magalhães se limitou a dizer que o encontro foi “casual” e sobre alianças, disse que se houver segundo turno, ela acontecerá: “Foi um encontro “por acaso”…. Estávamos ali numa reunião de almoço e o Vagner adentrou o restaurante para retirar um pedido. O convidei a sentar. Conversamos. Num eventual segundo turno, nos juntaremos”.

Por Contilnet