• sáb. fev 24th, 2024

Limpeza do São Francisco: oásis no deserto da insignificância

ByEdnardo

jul 31, 2023

Vivendo quase que permanentemente numa guirlanda de insignificâncias gerenciais, a Prefeitura de Rio Branco deve ser reconhecida pelo alarde que faz para visibilizar a operação de limpeza do Igarapé São Francisco, o mais importante tributário do Rio Acre no contexto urbano da capital.

De acordo com o secretário de Cuidados com a Cidade, Joabe Lira, uma análise prévia encontrou, na área a ser limpa, carcaça de carro, “resto de casa” (sic), geladeira e sofá, o que mostra que recuperar o manancial não é só importante como imprescindível e o barulho que se faz em algo que deveria ser rotina deve agora ser visto como algo positivo. Até mesmo a jactância de Lira há de se entender como algo que imprime seriedade e grandeza à operação: “Em 2005, uma ação de limpeza foi feita, mas não teve esse porte que vai ter agora”, disse, soberbo, o gestor de Cuidados com a Cidade.

Segundo a prefeitura, o igarapé São Francisco tem 12 quilômetros de extensão e os pontos mais críticos se concentram em cerca de 7 quilômetros. “A limpeza será rigorosa para evitar que o próprio igarapé coloque todo esse lixo para fora” (sic), afirma a prefeitura, sem explicar como seria esse fenômeno.

Apesar do desastre comunicacional e dos arroubos de arrogância típicos do atual mandato, limpar o São Francisco é uma medida alvissareira, que traz alegria ao coração dos rio-branquenses. Sendo profunda e ampla como se promete, mais ainda.

Assim, alardear que o igarapé passará por um processo de limpeza pode até ajudar a reduzir, ao menos durante algum, que seu leito vire um lixão aquático. Fazer comparação com 2005 e afirmar que agora será maior induz a uma equação: parte será limpa, mas
todo o riacho será positivamente afetado.

Na sequência, há de se cobrar por repressão aos sujões, cidadãos que na falta do que fazer vão ao sofrido Igarapé São Francisco despejar tudo o que não presta.

Desta vez, verdadeiramente tudo azul: a mega-operação de limpeza do São Francisco é um oásis no deserto das políticas sociais e ambientais da prefeitura de Rio Branco.

FONTE: AC24HORAS

By Ednardo