sáb. jul 2nd, 2022

O deputado Pedro Longo se reuniu nesta terça-feira (19) com membros do Fórum do Gás Veicular que é uma instância preparatória para a Audiência Pública que será realizada em breve na Aleac.

Participaram representantes de motoristas de aplicativos, taxistas e dos postos e distribuidores na Federação das Indústrias do Acre (Fieac), para dar celeridade às discussões sobre a oferta do combustível no Estado.

Quem também participou da conversa foi o presidente da Fieac, José Adriano.

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) já aprovou uma proposta de autoria do deputado que prevê a realização de uma audiência pública para tratar do assunto.

Antes do evento na casa do povo, um fórum será promovido para também discutir a questão. O anúncio foi feito pelo parlamentar na sessão desta quarta-feira (20).

O GNV é disponibilizado na forma gasosa. Diferencia-se do gás liquefeito de petróleo (GLP) por ser constituído por hidrocarbonetos na faixa do metano e do etano, enquanto o GLP possui em sua formação hidrocarbonetos na faixa do propano e do butano. A economia com a utilização do GNV chega a 66%, sendo indicado para usuários que rodam acima de mil quilômetros por mês, devido ao custo da transformação do veículo. A queima do GNV é mais lenta que a da gasolina.

“Esse debate muito nos interessa e precisa ser iniciado com urgência. Quando verificamos o preço que está a gasolina e os demais combustíveis e oferecemos à população essa alternativa de movimentar os veículos com custos mais baixos, a contribuição dada ao povo é significativa e amplia os impactos positivos na economia”, defendeu o líder do governo, que tem se engajado na pauta.

“Acreditamos que em breve esse debate estará amadurecido e oportunizaremos essa possibilidade para nossos motoristas depois de esgotadas todas as tratativas”, finalizou.

Por Contilnet