• dom. fev 25th, 2024

LUTO NA GLOBO MORRE GLÓRIA MARIA NA MANHÃ DESTA QUINTA FEIRA.

ByEdnardo

fev 2, 2023

 

Gloria Maria morre após luta contra o câncerA jornalista estava internada desde o dia 4 de janeiro para tratar um tumor metastático no cérebro

Gloria Maria morreu na manhã desta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro, supostamente aos 73 anos (ela sempre fez mistério quanto a sua verdadeira idade). No dia 4 de janeiro, a apresentadora foi internada no Hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro, para tratar um câncer metastático no cérebro. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Rede Globo.

“A jornalista Gloria Maria morreu essa manhã (02/02). Ela foi marcada como uma das mais talentosas profissionais do jornalismo brasileiro, deixando um legado de realizações, exemplos e pioneirismos para a Globo e seus profissionais”, diz o comunicado.

A comunicadora foi diagnosticada a primeira vez com a doença em 2019. Inicialmente, o tumor apareceu no pulmão. Gloria foi submetida a uma cirurgia de retirada do câncer, mas continuou com o tratamento de imunoterapia. No ano seguinte, a doença atingiu o cérebro da apresentadora.

A jornalista deixa duas filhas adolescentes: Maria, de 15 anos, e Laura, de 14.

Relembre a trajetória

Gloria Maria foi um dos maiores ícones do jornalismo e da televisão brasileira. Mulher e negra, quebrou barreiras em uma época em que nem mulheres, nem negros tinham espaço na TV.

Filha do alfaiate Cosme Braga da Silva e da dona de casa Edna Alves Matta, Glória Maria Matta da Silva nasceu no Rio de Janeiro.

Formada em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), a comunicadora contou que chegou a conciliar os estudos com um emprego de telefonista na Embratel.

Nos anos de 1970, a jornalista foi levada por uma amiga à Rede Globo para ser rádio-escuta e anos depois foi efetivada como repórter. Ela fez parte das equipes do Jornal Nacional, Jornal Hoje, Bom Dia Rio e RJTV.

A estreia como repórter foi em 1971, na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro. Ela também foi a primeira repórter a aparecer ao vivo e em cores no Jornal Nacional, em 1977.

Ao longo da carreira participou de grandes coberturas jornalísticas e viagens ao redor do mundo. Sempre curiosa, Gloria Maria muitas vezes era a grande personagem de suas próprias reportagens.

Alguns dos melhores momentos de Gloria aconteceram no Fantástico. Ela estreou como repórter do programa em 1986 e foi apresentadora da atração de 1998 a 2007.

Seu último trabalho na televisão foi no comando do Globo Repórter ao lado da colega Sandra Annenberg. No segundo semestre de 2022, ela precisou se afastar do trabalho para cuidar da saúde.

“Eu sou uma pessoa movida pela curiosidade e pelo susto. Se eu parar para pensar racionalmente, não faço nada. Tenho que perder a racionalidade para ir, deixar a curiosidade e o medo me levarem, que aí eu faço qualquer coisa”, definiu-se Gloria Maria em entrevista à Memória Globo.

FONTE: R7

By Ednardo