• sex. abr 19th, 2024

Motorista de aplicativo é a 2ª vítima fatal de leptospirose no AC em menos de 10 dias, confirma Saúde

ByEdnardo

abr 25, 2023


Richard da Silva Cardoso morreu de leptospirose na Fundhacre após 15 dias internado — Foto: Reprodução

Richard da Silva Cardoso morreu de leptospirose na Fundhacre após 15 dias internado — Foto: Reprodução

O motorista de aplicativo Richard da Silva Cardoso, de 40 anos, morreu de leptospirose na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre) nesta segunda-feira (24). Ele é a segunda vítima fatal da doença em Rio Branco em menos de dez dias.

Ao g1, um parente do motorista, que não quis se identificar, confirmou que Cardoso estava internado em estado gravíssimo na unidade de saúde há cerca de 15 dias. Ele teve contato com a água do Rio Acre durante a enchente deste ano.

Após o contato, ele procurou ajuda médica com febre e dor de cabeça. O quadro dele piorou e ele passou a sentir também dor no corpo, no joelho, nas articulações e na musculatura.

O motorista morava no bairro Comara e reve contato com a água contaminada ao retirar os objetos de dentro de casa.

Ainda segundo a família, foi feita a divulgação de uma vaquinha online para ajudar nas despesas do velório e enterro, contudo, a iniciativa não é de conhecimento e nem tem autorização dos familiares.

No último dia 15, o músico cruzeirense Diko Lobo, de 41 anos, morreu na UTI do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, com a doença. A morte dele causou comoção no estado. Ele era cantor de rock, vocalista da banda Lobos do Vale, compositor, ativista cultural e tinha um programa de rádio na cidade de Cruzeiro do Sul. Centenas de amigos usaram as redes sociais para prestar homenagem ao músico.

Casos suspeitos

 

Em entrevista à Rede Amazônica Acre, o secretário de Saúde do Acre, Pedro Pascoal, explicou que o estado tem 100 casos suspeitos de leptospirose. Até o último dia 18, já havia 39 casos da doença confirmados.

Ele destacou os cuidados que precisam ser tomados após o contato com a água contaminada. “Já venho alertando a população, desde do início da elevação das águas, para terem cuidado com contato com a água da alagação, com a lama, com piso, locais onde possivelmente possa ter urina do rato”, frisou.

Sobre o caso de Richard Cardoso, o secretário afirmou que ele buscou atendimento no sexto dia de sintomas, fez o exame e o resultado foi indeterminado. “No 7º dia de sintomas que é o período ideal pra coleta do exame, foi onde tivemos o teste positivo. Infelizmente o desfecho não foi favorável, ele veio a óbito, sentimos muito, mas que fica o alerta pra população do perigo dessa doença”, lamentou.

Alerta para sintomas da leptospirose e doenças sazonais

 

Atenção com dores no corpo, atrás dos olhos e em articulações, além de sangramentos. No último dia 18, Pedro Pascoal já havia ressaltado que doenças como dengue, leptospirose e outras têm sintomas semelhantes, e é preciso que a população fique atenta aos sinais para buscar atendimento médico.

“Os sintomas da leptospirose se parecem com os da dengue, que parecem com os da malária, e aí entram outros. O que fica de alerta pra gente? Diarreia, vômito, dor de cabeça, dores nas articulações, dores atrás dos olhos, e os sinais de alerta são dores abdominais, sangue nas fezes, nas gengivas, e outros sangramentos que possam vir a aparecer”, explicou.

A parceria entre saúde estadual e municipal funciona nas Uraps Maria Barroso, Cláudia Vitorino e Roney Meireles até as 22h, com previsão de aumento no número de unidades abrangidas pela ação. Pascoal também pediu que a população procure Uraps e Upas para atendimentos com sintomas de doenças como dengue e leptospirose, para evitar sobrecarga no Pronto-Socorro e nas Upas de Rio Branco.

FONTE: G1 ACRE

By Ednardo