sáb. ago 6th, 2022

Um cadáver dentro de um barril foi encontrado no Lago Mead, no estado de Nevada, onde fica Las Vegas, nos Estados Unidos, após uma grande seca baixar os níveis do reservatório a um patamar jamais visto. Segundo autoridades locais, a descoberta pode ser apenas a primeira de muitas descobertas do tipo no local.

“Eu diria que há uma chance muito boa, à medida que o nível da água cair, de encontrarmos mais restos humanos”, disse o tenente Ray Spencer, da polícia de Las Vegas, à emissora de televisão local KLAS-TV. O lago pode ter sido, inclusive, um local para desova de cadáveres usado por organizações criminosas.

Cadáver tem pelo menos 40 anos

Ray SpencerSegundo o tenente Ray Spencer, ainda não é possível determinar qual foi a exata causa da morte da pessoa encontrada no lago. Crédito: YouTube/Reprodução

Os objetos pessoais encontrados no barril sugerem que a pessoa morreu há mais de 40 anos, na década de 1980, declarou o tenente. O oficial não confirmou a causa da morte da pessoa encontrada no lago Mead, já que a investigação do caso ainda está em andamento.

A polícia planeja entrar em contato com especialistas da Universidade de Nevada, em Las Vegas, para que os técnicos analisem qual foi o momento exato em que o barril começou a se desgastar. Em paralelo, o escritório do legista do condado de Clark tentará determinar a idade e o gênero da pessoa.

O barril foi encontrado por barqueiros no início de maio, imediatamente, agentes da Guarda Florestal do Serviço Nacional de Parques dos EUA foram chamados e vasculharam a área próxima ao porto de Hemenway do lago Mead, quando constataram que o compartimento tinha restos de esqueletos.

Passando por Las Vegas, o lago Mead é o maior lago artificial dos Estados Unidos e, em conjunto com o lago Powell, fornecem água para mais de 40 milhões de pessoas nos estados do Arizona, Califórnia, Colorado, Nevada, Novo México, Utah, Wyoming e do sul do México.

Por NPR