sáb. jul 2nd, 2022
Foto: reprodução

Durante seu discurso na solenidade de formatura de conclusão do 1º Curso de Formação de Oficiais Combatentes do Corpo de Bombeiros do Acre, na Maison Borges, na noite desta quinta-feira (16), o governador Gladson Cameli (PP) disse que até o momento não sabe o motivo de estar envolvido na Operação Ptolomeu, da Polícia Federal.

Não estou chateado. E eu não quero poder pelo poder. Quero ser governador se Deus e o povo quiserem. Acordei foi com mais gás. Fui cumprir agenda em Tarauacá e estou aqui”, disse o chefe do Executivo.

Gladson disse que pela manhã recebeu uma ligação do seu filho, Guilherme, que o questionou: “Papai, o que foi isso?” e pediu que o filho relaxasse. Sobre os outros envolvidos que fazem parte de seu Governo, Gladson disse que  confia, defende e coloca a “mão e o corpo no fogo”.

Com informações do Notícias da Hora

FONTE: CONTILNET