sáb. jul 2nd, 2022

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, na manhã desta segunda-feira (23), o namorada da acreana Marina Paz Katriny, de 30 anos, morta carbonizada no Distrito Federal. De acordo a investigação, durante o interrogatório, o homem, que ainda não teve a identidade revelada, confessou que matou a namorada e detalhou o crime.

O corpo de Marina havia sido encontrado na BR-070, na quarta-feira da semana passada, no Km 5, entrada da Chácara Goiás, em Taguatinga. O corpo tinha uma lesão na testa e outros dois ferimentos na cabeça, provocados por disparo por arma de fogo.

O sepultamento de Marina ocorreu na manhã desse domingo (22) no Cemitério São João Batista, em Rio Branco.

Por Contilnet