qua. ago 10th, 2022

A realidade começa a mudar para milhares de famílias localizadas na Amazônia. Por meio do programa Mais Luz para a Amazônia, do Governo Federal, a Energisa começou a realizar novas ligações de energia em casas que ficam em pontos remotos do Acre. Até o final do ano, 1.368 famílias devem ser atendidas com energia limpa e 24 horas por dia.

As instalações são feitas em áreas de difícil acesso e distantes das redes elétricas. Por isso a iniciativa prevê a utilização de geração de energia solar, e a substituição de pequenos geradores de energia elétrica a diesel ou gasolina, que hoje são a única fonte de energia elétrica de muitas famílias que vivem nestas regiões.

“Nosso compromisso é levar energia de qualidade, limpa e segura para essas pessoas que hoje tem pouco ou nenhum acesso à eletricidade. São famílias que estão em regiões distantes, com acesso difícil e não é possível construir redes de energia. Dessa forma, com geração de energia solar, vamos atender e poder contribuir com a melhoria da qualidade de vida de milhares de acreanos”, afirma o diretor-presidente da Energisa Acre, José Adriano Mendes Silva.

Com investimento de R$ 55,2 milhões, as primeiras ligações já começaram no Acre. A comunidade São Salvador, distante três horas de barco do município de Mâncio Lima, já está usufruindo da energia elétrica.

“A gente ficava dois ou três dias no escuro mesmo. Eu tinha só a geladeira, porque no gerador não aguentava outro equipamento. Agora com energia elétrica eu quero ter ventilador, tanquinho de lavar roupa”, comemorou dona Maria De Nazaré Da Silva Oliveira, que teve sua residência contemplada com uma da instalação de painéis fotovoltaicos que irão fornecer energia elétrica por 24h.

A Energisa está presente no Acre desde 2018, onde desenvolve projetos que estimulam a descarbonização, impulsionam o desenvolvimento sustentável e promovem qualidade de vida para a população. A empresa também está à frente do maior projeto de desligamento de termelétricas, que pretende desativar cinco usinas no estado até 2025.

Em outubro de 2021, as 200 famílias da Vila Restauração passaram a ter fornecimento de energia elétrica contínua por meio de fonte solar. Até então, os moradores contavam apenas com três horas diárias de luz vinda de um único gerador. A localidade ribeirinha está situada dentro da Reserva Extrativista do Alto Juruá, a 70 km do centro do município de Marechal Thaumaturgo, próxima à fronteira com o Peru.

O que é o Mais Luz Para Amazônia?  

O Mais Luz para a Amazônia é um programa do Governo Federal, operacionalizado pela Eletrobras, que foi lançado em fevereiro de 2020 e tem como objetivo levar energia limpa e renovável à população de regiões remotas dos estados que compõem a Amazônia Legal e que ainda não têm acesso à energia elétrica, como Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Tocantins e Maranhão.

Por Alto Acre