seg. maio 23rd, 2022

Feira Segura foi inaugurada no Mercado Beatriz Lucio Brana, no Conjunto Manoel Julião, nesta sexta-feira (30) com produções do Polo Geraldo Fleming. Produtores passaram por treinamento, usaram EPIs e embalaram as frutas, verduras e hortaliças vendidas.


Prefeitura de Rio Branco inaugura Feira Segura para evitar perigos da Covid-19

Prefeitura de Rio Branco inaugura Feira Segura para evitar perigos da Covid-19

Foi inaugurada nesta sexta-feira (30) a Feira Segura da Prefeitura de Rio Branco com produtores rurais do Polo Geraldo Fleming. As produções dos moradores foram vendidas a partir das 5h, no Mercado Beatriz Lucio Brana, no Conjunto Manoel Julião.

Para atender o público e garantir a segurança de todos durante a pandemia, os produtores rurais passaram por treinamento, usaram Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e embalaram as frutas, verduras e hortaliças comercializadas.

Essa é a primeira edição da feira, que tem como objetivo ajudar os produtores a comercializarem suas produções de forma segura durante a pandemia da Covid-19. A ação é feita ainda pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-AC).

Feira Segura ocorreu nesta sexta-feira (30) em um mercado do Conjunto Manoel Julião — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Feira Segura ocorreu nesta sexta-feira (30) em um mercado do Conjunto Manoel Julião — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Uma equipe da Rede Amazônica Acre esteve no local e mostrou a movimentação no mercado. O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, disse que a ideia é expandir a feira para outros locais e atender mais produtores do município.

“O objetivo não é atender apenas um polo, mas outros e, de repente, ramais também. Queremos apoiar o homem do campo para que a gente possa consumir o produto produzido aqui e não ter que importar. Quando você substitui a importação gera empregos. O grande problema do Acre é econômico, então, estamos dizendo ao povo que agora Rio Branco vai mudar sua matriz econômica. Nossa matriz vai ser baseada na nossa terra. É lá que vamos ver a riqueza brotando, se multiplicando e vindo para a cidade para gerar emprego e renda”, afirmou.

fonte: g1acre