• seg. maio 27th, 2024

Rio Branco suspende vacinação contra Covid de grávidas e mulheres no pós-parto sem comorbidade

ByEdnardo

maio 20, 2021

Capital acreana estava vacinando grávidas e mulheres no período pós-parto que não tinham doenças pré-existentes. Mas, após nota técnica do Ministério da Saúde, imunização desse grupo foi suspensa nesta quinta-feira (20).


Rio Branco restringe vacinação de grávidas e puérperas contra Covid-19 somente para as que têm comorbidades — Foto: Ana Paula Xavier/Rede Amazônica Acre

Rio Branco restringe vacinação de grávidas e puérperas contra Covid-19 somente para as que têm comorbidades — Foto: Ana Paula Xavier/Rede Amazônica Acrehttps://437c8f4e54e8cb51840b1eba6c28a3a3.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Rio Branco suspendeu nesta quinta-feira (20) a vacinação contra a Covid-19 para grávidas e mulheres no período pós-parto que não têm comorbidades. A imunização segue sendo feita somente para as gestantes e puérperas que possuem alguma doença pré-existente.

A medida foi tomada, segundo o secretário de Saúde do município, Frank Lima, após nota técnica emitida pelo Ministério da Saúde. A capital acreana tinha anunciado a retomada da vacinação de grávidas e puérperas com e sem comorbidade nesta quinta, mas teve que voltar atrás após a orientação.

“O Ministério da Saúde mandou suspender a vacinação com a AstraZeneca e nós suspendemos. Aí, abrimos a vacinação com a Pfizer, daí ontem à noite mandaram suspender a vacinação de grávidas sem comorbidade e para vacinar somente as que têm comorbidade. Como o ministério é o coordenador nacional e responsável técnico, a gente só segue”, explicou o secretário.

retomada da vacinação de gestantes e puérperas foi possível após a chegada de um lote de vacina com 2.340 da Pfizer, na terça-feira (18). Todo o lote ficou na capital acreana e deve ser usado na 1ª aplicação.

vacinação nesse público havia sido suspensa por causa da falta do imunizante. Mas, com a chegada do novo lote, o município esperou o tempo de armazenamento e descongelamento das doses para reiniciar a imunização. Após o período, seis pontos de vacinação estão sendo disponibilizados das 8h às 16h nesta quinta.

A vacinação em grávidas e puérperas foi suspensa a primeira vez no último dia 11 após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar a interrupção do uso da AstraZeneca/Fiocruz. Por orientação do Ministério da Saúde, o grupo só pode tomar as vacinas Pfizer, de acordo com a disponibilidade de doses.

Pontos de vacinação para grávidas e puérperas

  • Urap Claudia Vitorino
  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Roney Meirelles
  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Vila Ivonete
  • Policlínica Barral y Barral

Orientação para grávidas que tomaram AstraZeneca

O Ministério da Saúde informou nessa quarta-feira (19) que as gestantes e puérperas – incluindo as sem fatores de risco adicionais – que tomaram a primeira dose da vacina Covid-19 da AstraZeneca aguardem o fim da gestação e do período puerpério (até 45 dias pós-parto) para completar o esquema vacinal com o mesmo imunizante.

De acordo com o ministério, até 10 de maio mais de 15 mil grávidas foram vacinadas com o imunizante da AstraZeneca no Brasil. Em Rio Branco, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, foram 81 grávidas e 18 puérperas.

O governo federal determinou que a vacinação de grávidas e de puérperas deve ser restrita somente às mulheres com comorbidades (doenças pré-existentes) e elas devem receber apenas as vacinas CoronaVac e Pfizer.

A determinação vale até que sejam concluídas as análises de um caso raro de morte de uma gestante de 35 anos por causa de um acidente vascular cerebral hemorrágico (AVC) que pode ter ligação com o uso da vacina AstraZeneca.

O óbito ainda está em investigação e, segundo o governo federal, ainda não está comprovado que a vacinação tenha causado a complicação na gestante.

Antes dessa determinação, em 26 de abril, o ministério decidiu incluir todas as grávidas e puérperas (mulheres no período pós-parto) no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19. Em 15 de março, o governo já tinha incluído as gestantes com comorbidades.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre recebeu 299.720 doses de vacinas e foram aplicadas 153.647 até essa segunda (17), data da última atualização, sendo 109.123 da primeira dose e 44.524 da segunda. Rio Branco aplicou 68.952 doses e Cruzeiro do Sul 16.170.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.

fonte: g1acre

By Ednardo