seg. jun 27th, 2022

O vigia da escola Lourenço Filho, localizada em Rio Branco, que na madrugada desta quarta-feira, 15, atirou contra José Luiz Henrique de Souza Matos, de 24 anos, prestou depoimento e foi liberado da Delegacia de Flagrantes, onde se apresentou espontaneamente.

O assaltante invadiu o estabelecimento de ensino com o intuito de roubar, mas acabou baleado no abdome e em uma das mãos. O delegado de plantão, Alexnaldo Batista, entendeu que o trabalhador agiu em legítima defesa e estava no seu local de trabalho.

“No decorrer do inquérito terá que dar explicações a respeito da arma usada, que não era da empresa para qual trabalha. Por enquanto, ele figura como vítima”, comentou a autoridade policial. O homem baleado está em observação no pronto-socorro de onde sairá para ser autuado em flagrante.

Entenda

Passava de 4h desta quarta quando o vigia percebeu que um homem havia invadido na Avenida Getúlio Vargas. Ao flagrá-lo na sala de professores, reagiu e tentou agredi-lo, o que o fez sacar uma arma e disparar contra o suspeito. Ferido no abdome e na mão direita, o assaltante ainda correu cerca de 30 metros e caiu. Levado pelo SAMU para o pronto-socorro, foi submetido a uma cirurgia e não corre risco de morte. Tão logo se recupere, José Luiz será autuado na DEFLA por furto qualificado.

fonte: ac24horas