sex. jul 1st, 2022

Voltou a circular o boato de que o SBT será vendido em breve. O DCM informou que o presidente do Conselho e controlador do BTG Pactual, André Esteves, teria oferecido R$ 1 bilhão a Silvio Santos pela emissora.

O canal inaugurado em 1981 enfrenta longa crise financeira que impossibilita grandes investimentos na renovação de sua programação. Alguns artistas com salários maiores foram dispensados para equilibrar o caixa.

Antes vice-líder isolada no ranking do Ibope, a TV da Anhanguera hoje perde na média diária (das 7h à meia-noite) para a RecordTV, de propriedade do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal.

Um dos banqueiros mais famosos do País, André Esteves, 53 anos, teria a intenção de se tornar influente na mídia. O projeto começou no final de 2019, quando o BTG comprou por R$ 72,3 milhões a revista ‘Exame’, tradicional publicação de negócios do Grupo Abril.

De acordo com a revista norte-americana ‘Forbes’, Esteves é a 438ª pessoa mais rica do planeta, com patrimônio de US$ 5,8 bilhões, equivalentes a R$ 27,7 bilhões.

Em janeiro de 2011, o banqueiro salvou Silvio Santos de um escândalo financeiro ao fazer o BTG comprar todas as ações que o empresário e apresentador tinha do Banco PanAmericano, enfraquecido por fraudes e dívidas.

André Esteves voltou a gerar manchetes em 2015, quando foi preso pela Polícia Federal sob a acusação de tentar obstruir investigações da Operação Lava Jato.

Três anos depois, o STF arquivou por falta de provas um inquérito sobre suposta participação dele em um esquema de corrupção.

Apoiador de Jair Bolsonaro, André Esteves participou do almoço oferecido por empresários ao magnata da tecnologia Elon Musk, da Tesla e SpaceX, em hotel no interior de SP, em maio.

A ligação do banqueiro com Silvio Santos, que também é bolsonarista, acontece por meio do ministro das Comunicações, Fábio Faria, amigo de Esteves e genro do dono do SBT.

Conforme este blog detalhou em dezembro de 2021, há outros potenciais interessados em comprar a emissora. Entre eles, Edir Macedo, o empresário Luciano Hang (Lojas Havan), o ex-todo-poderoso da Globo Boni (que propôs o negócio a Silvio algumas vezes) e o apresentador Ratinho, sócio em seu horário no SBT e dono da Rede Massa de rádio e TV.

A caminho dos 92 anos, Silvio Santos não demonstra vontade de se aposentar dos estúdios, ainda que a saúde fragilizada o afaste eventualmente do trabalho. Vender a emissora e continuar como principal apresentador seria uma boa solução para viver com mais tranquilidade.

Por Terra