sáb. ago 6th, 2022

O Brasil registrou 13 mortes e 6.006 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo atualização do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), realizada neste domingo (8).

Com isso, a média de móvel de mortes marca 89. Já a média móvel de casos está 15.720.

Os índices consideram a média de contaminações e de mortes registradas nos últimos sete dias. Os dados permitem o acompanhamento dos indicadores da pandemia sem eventuais distorções causadas por possível subnotificação aos finais de semana.

Com isso, o país registrou 30.564.536 casos e 664.139 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia, em março de 2020.

Vacinação

O Ministério da Saúde informou que foram aplicadas 418,81 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 no Brasil, sendo 175,16 milhões de primeira dose, 155,72 milhões de segunda dose e 4,84 milhões de doses únicas.

Também foram aplicadas 77,57 milhões doses de reforço, 2,13 milhões de segundas doses de reforço e 3,37 milhões de doses adicionais.

Primeiro medicamento para casos leves de Covid-19 no SUS é aprovado

O Ministério da Saúde (MS) anunciou que vai incorporar no SUS um medicamento para o tratamento de pacientes com quadros leves e moderados de Covid-19.

A publicação ocorreu no Diário Oficial da União de sexta-feira (6). O MS tem 180 dias após publicação da incorporação para disponibilizar a tecnologia na rede pública. Leia Mais.

Sublinhagem XQ, recombinante da Ômicron, foi identificada em São Paulo

A Secretaria de Saúde de São Paulo confirmou na quinta-feira (5) dois casos da variante recombinante da Ômicron, chamada de XQ, na capital paulista.

De acordo com o sistema internacional de classificação de linhagens e variantes do coronavírus, chamado de Pango, a XQ é uma mistura das sublinhagens BA.1.1 e BA.2 e já foi sequenciada 58 vezes no Reino Unido e uma vez na Holanda, sendo a data mais antiga do registro o dia 12 de fevereiro de 2022.

Por CNN Brasil