qui. ago 4th, 2022

Barreira foi montada nesta segunda-feira (13) para reforçar vacinação contra a Covid-19 em Brasileia. Motoristas e passageiros que saem do Brasil em direção à Bolívia são parados para receber orientações e tomar a vacina.


Brasiléia monta barreira sanitária na ponte da Amizade e oferece vacina contra a Covid-19

00:00/00:00

Brasiléia monta barreira sanitária na ponte da Amizade e oferece vacina contra a Covid-19

As equipes da Vigilância Epidemiológica de Brasileia, interior do Acre, montou, nesta segunda-feira (13), uma barreira sanitária na entrada da Ponte da Amizade, que liga a cidade à Cobija, na Bolívia, para oferecer a vacina contra a Covid-19 e orientações sobre a doença. Mais de 40 pessoas receberam a vacina pela parte da manhã no primeiro dia de ação.

Os profissionais da saúde abordam os motoristas e passageiros que saem do território brasileiro em direção ao país vizinho. Conforme o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde na fronteira (Cievs), o objetivo é conscientizar a população sobre os protocolos sanitários e fortalecer a imunização.

“Devido ao número de casos de Covid-19 registrados em Cobija e no Departamento de Pando. As pessoas recebem orientações sobre os cuidados necessários para não se contaminar com o vírus, recebem máscaras e é ofertada a vacina no local”, explicou o coordenador do Cievs Fronteira, Dhyekson Silva dos Santos.

O coordenador acrescentou que a barreira ficará montada na entrada da ponte durante toda semana. Santos falou que os profissionais também entregam máscara para as pessoas que são flagradas sem o equipamento de proteção.

Barreira sanitária orienta e vacina motoristas que estão saindo do Brasil em direção à Bolívia — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Barreira sanitária orienta e vacina motoristas que estão saindo do Brasil em direção à Bolívia — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

“É uma questão de orientação, não tem nada de repreensão, exigência do comprovante de vacina. O objetivo é mais educativo. Nosso objetivo também é não perder a oportunidade de vacinar a pessoa. Toma a vacina e é orientada sobre as prevenções que devem tomar nos territórios”, reforçou.

A cidade de Brasileia contabiliza, até esta segunda, 3.012 casos de Covid-19 e 44 mortes pela doença. Segundo o site da prefeitura local, já foram aplicadas mais de 26 mil doses da vacina e 57,16% da população tomou a 1ª dose do imunizante. Santos destacou que a ação é para reforçar a aplicação da 2ª dose, que tem a porcentagem menor.

“Muitas pessoas criaram uma resistência à vacina porque tiveram alguma reação na primeira dose, mas estamos realizando o trabalho educativo de sensibilização para que essas pessoas completem o esquema vacinal”, concluiu.

fonte: g1acre