sex. ago 5th, 2022

Vítima foi encontrada no último domingo (9) próximo a um igarapé na zona rural de Feijó. Delegado diz que motivação tem ligação com dívida por droga.


Corpo de indígena é encontrado degolado e enterrado em cova no interior do Acre — Foto: Arquivo/PC-AC

Corpo de indígena é encontrado degolado e enterrado em cova no interior do Acre — Foto: Arquivo/PC-AC

O indígena José Ribamar Kaxinawá, de 32 anos, foi achado morto e enterrado no último domingo (9) em uma cova próximo a um igarapé na zona rural de Feijó, no interior do Acre.

Ele estava desaparecido desde sexta-feira (7) e a polícia recebeu informação de que teria sido vítima de homicídio e estaria enterrado. Ao fazer buscas na região, as equipes das polícias Militar e Civil localizaram o corpo, que estava degolado.

O delegado responsável pelo caso, Railson Ferreira, afirmou que ao menos quatro pessoas participaram do crime contra o indígena. A motivação teria sido dívida por drogas.

“Ele estava enterrado em uma cova de cerca de quatro a cinco palmos. Ninguém foi preso por enquanto, mas já identificamos os autores e representamos pelas prisões. Trabalhamos com pelo menos quatro autores”, afirmou o delegado.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Cruzeiro do Sul para identificação e também para confirmar o que causou a morte. Em seguida, voltou para Feijó e já foi liberado para o sepultamento.

fonte: g1acre