sex. jul 1st, 2022

Tem história

Militante há quase duas décadas do Partido Socialista Brasileiro, o deputado estadual Manoel Moraes está de saída do ninho socialista. Um desfalque de peso no time amarelo e vermelho.

Motivo

De acordo com o deputado, um dos motivos para sua saída é que o próprio PSB teria alegado que enfrentaria dificuldade para montar uma chapa com ele por lá. Um sacrifício “necessário”, já que os novos nomes que vem despontando na política acreana estão fugindo de chapas com deputados de mandato, mas também injusto, já que Manoel tem “uns 16 ou 17 anos de casa” e é deputado de segundo mandato.

Divergências

Outro motivo alegado pelo deputado para sua saída é que há divergências entre ele e a direção. “Existe uma divergência de ponto de vista sobre os rumos do partido entre eu e a direção do partido”, disse à coluna.

Sem tempo irmão

Ainda segundo Moraes, para evitar uma batalha sobre os rumos do partido, a melhor coisa a se fazer é sair. “Eu não tenho tempo de tá discutindo e nem querendo impor meu ponto de vista. Eu tenho plena certeza que estou certo como eu penso, mas se as pessoas pensam diferente, eu não tenho como ficar”, contou.

Futuro

Sobre o futuro, a única coisa que o deputado garantiu é que vem para mais uma reeleição. Sobre o novo partido, Antônio Moraes disse à coluna que ainda está estudando a melhor, mas não tem nada definido. O deputado está a espera da janela partidária para poder mudar de sigla.

Outro lado

A coluna procurou o presidente estadual do PSB, o ex-deputado federal e ex-vice governador César Messias, que disse não saber quais são as divergências alegadas pelo deputado. No entanto, Messias argumentou que o PSB “está trabalhando em uma candidatura para o Governo do Estado e o que a gente vê é que o deputado não está empenhado nessa candidatura”.

Vá com Deus

“Cada cabeça tem sua sentença, se a sentença dele for essa (sair do PSB), que vá com Deus”, disse à coluna o presidente estadual do partido.

Aleac

Com uma pré-candidatura ao Governo do Estado, a do deputado estadual Jenilson Leite, perder um deputado de mandato não me parece ser é a melhor escolha do PSB. Com dois deputados na Casa, a saída de um deles representa 50% a menos de cadeiras. E com Jenilson disputando o Executivo, o partido vai sem ninguém de mandato para o pleito. Pode ficar sem ninguém a partir de 2023.

Apostas

Por outro lado o partido vem apostando forte em nomes jovens e já testados nas urnas. Um deles é o do jovem advogado Gabriel Santos, ex-Rede Sustentabilidade, que ainda não se filiou à sigla, mas vem tendo conversas com a direção nesse sentido.

BBB

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), lançou nesta segunda-feira (14) a primeira etapa do Plano Municipal Rio Branco Mais Segura, que vai instalar câmeras de segurança com reconhecimento facial em diversos pontos da cidade. No bairro Seis de Agosto e Centro de Rio Branco as praças, mercados, unidades de saúde, escolas, Mercado Velho Novo, Gameleira, Calçadão da Benjamin Constant e Terminal Urbano, e mais outros espaços serão monitorados. O Horto Florestal, o Parque Chico Mendes e a Rodoviária Internacional também vão receber os equipamentos. A prefeitura vai investir R$ 3,8 milhões.

fonte: contilnet