• sáb. fev 24th, 2024

Funcionário terceirizado é perseguido e baleado quando chegava para trabalhar em escola pública no Acre.

ByEdnardo

jan 26, 2023

Funcionário terceirizado é perseguido e baleado quando chegava para trabalhar em escola pública no Acre.

O funcionário terceirizado da empresa Maia e Pimentel, Gilberto Oliveira Macedo, 56 anos, foi perseguido e ferido com um tiro no peito na manhã desta quinta-feira (26), dentro da Escola Jader Saraiva Machado, situada na avenida Rui Coelho, no bairro Centro, na Vila V, no município de Porto Acre, no interior do Acre.

Segundo informações da polícia, Gilberto trabalha como serviços gerais da Escola Jader Saraiva Machado. Ao chegar para trabalhar na manhã desta quinta-feira, ele foi abordado por criminosos armados na entrada do colégio. Ao ver os bandidos se aproximaram e a vítima correu para dentro da instituição de ensino, mas Gilberto foi perseguido até ao refeitório e ferido com um tiro no peito. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

Colegas da vítima acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma ambulância de suporte básico que fica na Vila do Incra, para prestar os primeiros atendimentos, mas em seguida foi enviada a ambulância de suporte avançado 01, que interceptou a outra unidade de resgate no km 23 da rodovia AC-10 (Estrada de Porto Acre), onde a equipe estabilizou o quadro clínico da vítima e encaminhou ao pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde estável, porém, a situação pode se agravar.

Policiais Militares do destacamento de Porto Acre foram acionados e também estiveram no local, colheram as informações e realizaram ronda ostensivas na região para tentar localizar os dois criminosos, mas ninguém foi encontrado.

O caso será investigado pelos agentes de Polícia Civil da delegacia do município de Porto Acre.

FONTE:NA HORA DA NOTÍCIA

 

By Ednardo