• sex. abr 19th, 2024

Irmã do governador de Roraima é alvo da Polícia Federal

ByEdnardo

mar 18, 2024

Polícia Federal (PF) deflagrou, desde a madrugada desta sexta-feira (10), uma operação contra lavagem de dinheiro em Roraima e um dos alvos foi Vanda Garcia de Almeida, irmã do governador Antonio Denarium (PP). Batizada de BAL, a operação mira um esquema que teria movimentado R$ 64 milhões nos últimos dois anos, dinheiro fruto do comércio do garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami (TIY).

A Secretaria de Comunicação do Governo de Roraima já informou que Denarium “recebeu a notícia da operação e desconhece o teor da investigação contra sua irmã, Vanda Garcia, e espera que as eventuais responsabilidades sejam apuradas na forma da lei”.

Publicidade

Os policiais foram à casa da irmã do governador no bairro de São Vicente, zona sul da capital Boa Vista. Em Roraima e também em Pernambuco, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e de bloqueio de bens, expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal. Numa das casas, os agentes encontraram cinco toneladas de cassiterita, provavelmente extraída da TIY, segundo informou o portal G1.

De acordo com informações da PF, o esquema contaria com o uso de empresas de fachada, que procuravam “esquentar” o ouro por meio de pessoas que “receberiam valores de diversos financiadores pelo Brasil e sacariam ou transfeririam os valores para pessoas e empresas no estado de Roraima”. A operação foi batizada de BAL em alusão a um composto utilizado para tratar o envenenamento por ouro (British Anti-Lewsite).

Além da irmã, outro parente do governador de Roraima foi alvo da operação, o sobrinho Fabrício de Souza Almeida. Na casa dele os agentes federais encontraram 10 armas, entre fuzis, rifles e pistoladas de uso restrito. Segundo a PF, os parentes do governador estão envolvidos com um esquema de lavagem de dinheiro no comercio da cassiterita, minério de estanho usado nas indústrias de eletroeletrônicos, informática e embalagens para alimentos. A cassiterita é explorada na Terra Indígena Yanomami (TIY) desde os anos 80.

Na parte da tarde a Justiça Federal colocou em sigilo as investigações da Polícia Federal que envolvem os parentes do governador Denarium.

FONTE: AC24HORAS

By Ednardo