qui. jun 30th, 2022

Yusaku Maezawa, de 46 anos, que fez fortuna com moda online, seu assistente Yozo Hirano e o cosmonauta russo Alexander Misurkin decolaram às 7h38 GMT. Os turistas espaciais passarão 12 dias no segmento russo da estação.


A nave espacial Soyuz MS-20 decola em direção à Estação Espacial Internacional com o cosmonauta Alexander Misurkin, o empresário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente de produção, Yozo Hirano — Foto: Shamil Zhumatov/Reuters

A nave espacial Soyuz MS-20 decola em direção à Estação Espacial Internacional com o cosmonauta Alexander Misurkin, o empresário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente de produção, Yozo Hirano — Foto: Shamil Zhumatov/Reutershttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A espaçonave russa Soyuz, transportando um bilionário japonês, decolou nesta quarta-feira (8) do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, em direção à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). A jornada marca o retorno da Rússia ao turismo espacial.

Yusaku Maezawa, de 46 anos, que fez uma enorme fortuna com o comércio da moda online, seu assistente Yozo Hirano e o cosmonauta russo Alexander Misurkin decolaram às 7h38 no horário local (4h38 em Brasília), conforme programado, informam as agências de notícias.

O bilionário japonês Yusaku Maezawa acena antes de embarcar na espaçonave Soyuz MS-20 antes do lançamento em Baikonur, no Cazaquistão, em 8 de dezembro — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

O bilionário japonês Yusaku Maezawa acena antes de embarcar na espaçonave Soyuz MS-20 antes do lançamento em Baikonur, no Cazaquistão, em 8 de dezembro — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFPhttps://42c66f9da9d54140145b7d24bfbfa3f6.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Os dois turistas espaciais passarão 12 dias no segmento russo da estação.

Yusaku Maezawa também fará viagem espacial ao redor da lua com a SpaceX, de Elon Musk em 2023.

A nave espacial Soyuz MS-20 decola de Baikonur, no Cazaquistão, com o cosmonauta Alexander Misurkin, o bilionário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente, Yozo Hirano, no dia 8 de dezembro  — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

A nave espacial Soyuz MS-20 decola de Baikonur, no Cazaquistão, com o cosmonauta Alexander Misurkin, o bilionário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente, Yozo Hirano, no dia 8 de dezembro — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

fonte: g1acre