seg. maio 23rd, 2022

Um pedreiro que trabalhou um dia inteiro para conseguir dinheiro para a ceia de Natal da família teve a diária de R$ 300 roubada por dois homens que o renderam assim que ele saiu do trabalho no final da tarde dessa quarta-feira (23). O trabalhador de 35 anos contou que depois de um dia duro de trabalho retornava para casa de bicicleta pela Via Chico Mendes, em Rio Branco, quando na região do bairro da Comara foi atacado por dois homens armados.

“Tive que ficar de joelhos e com um revólver engatilhado apontado para minha cabeça. Implorei pela vida. Fui duramente espancado e humilhado. Pela intervenção de Deus, fui poupado e vou poder passar o Natal com minha família”, relatou nesta quinta-feira, véspera de Natal, na Divisão de Investigações Criminais (DIC), onde comunicou que havia sido vítima de um assalto.

Em conversa com a autoridade, o pedreiro, que teve seu nome preservado, relatou que foi levado para um matagal e foi obrigado a ficar de joelhos enquanto um dos bandidos encostou uma arma na sua cabeça ameaçando disparar. Durante cerca de 15 minutos, foi duramente espancado pelos assaltantes, que roubaram 300 reais que ele havia recebido pelo dia de trabalho prestado.

De acordo com a vítima, o dinheiro serviria para comprar a ceia de natal para a família. Como se não bastasse, o pedreiro ainda teve sua bicicleta, seu único meio de transporte, também levado pelos criminosos. “Eles levaram inclusive minha carteira de vacina. Pensei que iria me matar e comecei a lembrar de meus filhos. Como se nada tivesse ocorrido, o assaltante colocou o revólver na cintura e saiu”, concluiu o trabalhador.

fonte: ac24horas