• seg. maio 20th, 2024

Policial civil e gestor público do Acre são indiciados por desvio de quase 35 mil litros de combustível

ByEdnardo

jan 13, 2022

Investigados foram indiciados por peculato pela Polícia Civil. Policial e gestor são suspeitos de desviar quase R$ 163 mil dos cofres públicos. Suspeitos aguardam em liberdade.


Operação apurou esquema de desvio de  35 mil litros de combustível no setor de transporte da polícia em Rio Branco  — Foto: Asscom/Polícia Civil

Operação apurou esquema de desvio de 35 mil litros de combustível no setor de transporte da polícia em Rio Branco — Foto: Asscom/Polícia Civil

A Polícia Civil indiciou um gestor público e um policial civil do Acre por peculato. Os dois foram investigados na Operação Volta ao Mundo, deflagrada em outubro do ano passado pela Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor).

A ação desarticulou um esquema no setor de transporte na Polícia Civil que desviava combustível e fraudava cartões de abastecimento. Na época, a polícia informou que, em auditoria feita no exercício de 2018, foi constatado que os alvos foram responsáveis pelo desvio de quase 35 mil litros de combustível, totalizando um prejuízo estimado em quase R$ 163 mil aos cofres públicos.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e dois de sequestro de bens na capital. A Justiça determinou ainda que fossem bloqueados valores mantidos em contas bancárias dos alvos da investigação em total correspondente ao desviado.

Além do bloqueio de contas, a polícia apreendeu dois veículos, um modelo Jeep Renegade Sport, estimado em R$ 100 mil e um Toyota Etios HBXS, de R$ 50 mil e um bloqueio judicial de quase R$ 163 mil.

Nesta quarta-feira (12), a Polícia Civil confirmou que o inquérito foi encaminhado para o Ministério Público Estadual (MP-AC) para denúncia. Os dois indiciados respondem ao processo em liberdade.

A reportagem não conseguiu contato com os investigados na operação.

fonte: g1acre

By Ednardo