sex. maio 20th, 2022

REVOLTA

fev 23, 2022
Peço a todos que vejam essas fotos e assistam o vídeo e possam compartilhar essa publicação para chegar ao Ministério Público do Acre, aos Vereadores de Rio Branco, aos Deputados Estaduais é o Prefeito Tião Bocalo e ao Governador Gladson Cameli.
fonte: https://www.facebook.com/search/top?q=fotos%20de%20edivanio%20silva

Acessibilidade para cadeirantes é precária na cidade

Não é de hoje que a assistência governamental referente a pessoas necessitadas no Brasil deixa a desejar em diversos pontos. Em 2019, tais características encontram-se  desde cidades do interior até as mais habitadas nacionalmente. Partindo do ponto de vista sobre a assistência pública, quando abordam-se ferramentas para facilitar a vida de pessoas portadoras de deficiência, especificamente paraplégicas ou cadeirantes, conclui-se que ainda há muito o que melhorar.

A partir de uma linha cronológica, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas portadoras de deficiência cresce constantemente no Brasil. Em 2015, pelo menos 6,2% da população possuia algum tipo de deficiência, sendo que, desse montante, 1,3% representa quem tem algum tipo de deficiência física, sendo que quase a metade desse total (46,8%) possui nível intenso de imitações. Infelizmente, o auxílio governamental  não acompanha o crescimento desse percentual.

fonte: centralsul.org