sex. maio 20th, 2022

A conta é sempre feita com base no valor da cesta básica mais cara do país que, atualmente, é a de Florianópolis, calculada em R$ 710,53POR AGÊNCIA O GLOBO09/12/2021

Última atualização em 09/12/2021 20:25

O salário mínimo suficiente para sustentar uma família de quatro pessoas, com dois adultos e duas crianças, em novembro, seria de R$ 5.969,17 — o que corresponde a 5,42 vezes o piso nacional vigente – de R$ 1.100 —, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).https://be2d98d98e16356e020b2c393709f080.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

No mesmo período do ano passado, o valor estimado necessário era de R$ 5.289,53, cerca de 13% menor.

A conta é sempre feita com base no valor da cesta básica mais cara do país. Dessa vez, foi considerada a de Florianópolis, calculada em R$ 710,53. O trabalhador remunerado pelo piso nacional chega a comprometer, em média, 58,95% do salário mínimo líquido para comprar os alimentos básicos para uma pessoa adulta.

No Rio de Janeiro, com a cesta a R$ 665,60, o carioca precisa trabalhar 133 horas e sete minutos por mês. Outras capitais que também lideram o ranking são São Paulo (R$ 692,27), Porto Alegre (R$ 685,32), Vitória (R$ 668,17).

O preço do quilo do café em pó subiu em todas as capitais, repercutindo a preocupação com impactos da geada na safra 2022/2023, tanto no mercado futuro quanto no varejo. Outros alimentos que também ficaram mais caros foram açúcar, óleo de soja, feijão, arroz agulhinha, leite integral e carne bovina de primeira.

fonte:contilnet