• seg. maio 20th, 2024

No Acre, mais de 130 pessoas participam de cinema rodoviário com orientações e dicas sobre o trânsito

ByEdnardo

jun 1, 2021

Ação ocorreu no posto de fiscalização da PRF-AC no km 115 da BR-364, em Rio Branco, e encerrou a Campanha Maio Amarelo 2021. No período da noite, motoristas assistiram aos vídeos no drive-thru.


No período da noite, PRF-AC exibiu vídeos sobre trânsito no drive-thru no km 115 da BR-364 — Foto: Asscom/PRF-AC

No período da noite, PRF-AC exibiu vídeos sobre trânsito no drive-thru no km 115 da BR-364 — Foto: Asscom/PRF-AChttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Mais de 130 pessoas participaram, no último domingo (30), do cinema rodoviário promovido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-AC) no posto de fiscalização do km 115, BR-364, em Rio Branco. No período da noite, os condutores assistiram aos vídeos sobre segurança e dicas sobre o trânsito de dentro dos veículos, no drive-thru.

Essa foi a primeira vez que a ação foi feita como drive-thru devido à pandemia do novo coronavírus. O cinema rodoviário encerrou as atividades e ações de conscientização no trânsito da Campanha Maio Amarelo 2021.

“Começamos o cinema rodoviário na Semana Nacional do Trânsito no ano passado, foi a primeira vez que houve no estilo drive-thru por conta da pandemia e tomamos todos os cuidados com distanciamento. No período do dia, fizemos em uma área coberta do posto e com todos os cuidados”, explicou a chefe do Grupo de Educação para o Trânsito (Getran), Kajmacleyne Lima.

Mais de 130 motoristas participaram da ação no posto de fiscalização da PRF-AC — Foto: Asscom/PRF-AC

Mais de 130 motoristas participaram da ação no posto de fiscalização da PRF-AC — Foto: Asscom/PRF-AChttps://98e60a024eb36d0f08b9d8535689345c.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Ao longo do dia, a policial destacou que 136 pessoas participaram da ação, contaram experiências que tiveram no trânsito, se atualizaram sobre mudanças em algumas legislações e tiveram acesso a alguns números de acidentes registrados nas rodovias.

“Parávamos de dois a três carros, fazíamos um grupo de seis a nove pessoas, no máximo, por conta do distanciamento, e ficamos na ação até perto das oito da noite. A gente faz isso para aproximar e abrir os olhos das pessoas, que, infelizmente, pode acontecer com qualquer um”, frisou.

Kajmacleyne complementou que todas as pessoas – sejam condutores, pedestres, ciclistas, passageiros e motociclistas – têm um papel fundamental para um trânsito seguro. “O passageiro também tem sua responsabilidade, assim como os pedestres, ciclistas e motociclistas, que focamos muitos nesses; questão de retenção que mudou; a cadeirinha que também mudou agora. É muito importante essa aproximação, a sociedade acreana precisa muito de orientação”, concluiu.

fonte: g1acre

By Ednardo